Petrobras e norueguesa encontram óleo na BA

A Petrobras e a norueguesa StatoilHydro descobriram indícios de petróleo em poço na Bacia do Jequitinhonha, na costa da Bahia, no bloco BM-J-3, informou ontem a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

A Petrobras, que ainda não apurou se o produto pode ser explorado comercialmente, fez a descoberta no poço 1BRSA669BAS, em uma profundidade subaquática de 2.336 metros, informou a ANP.

A Petrobras opera esse bloco é a operadora do bloco na Bahia, com 60% de participação, enquanto a unidade brasileira da StatoilHydro detém os outros 40%. "Foi confirmada a presença de reservatórios de petróleo em arenitos do período cretáceo superior. Mais perfurações e análises serão feitas para determinar se a descoberta tem um potencial econômico positivo", disse a StatoilHydro em nota.

Esse foi o primeiro poço perfurado em águas profundas na Bacia do Jequitinhonha, afirmou a companhia norueguesa. Trata-se de uma região de nova fronteira de exploração no Brasil e tem sido classificada como prioritária para a Petrobras, que chegou a deslocar equipamentos do pré-sal para a bacia do Jequitinhonha .

A Petrobras disse este mês que o aperto mundial no crédito e a queda nos preços do petróleo não a levarão a recuar nos seus planos de explorar as descobertas em águas profundas, como os campos offshore de Tupi e Iara, que têm petróleo suficiente para quase dobrar as reservas brasileiras.

A StatoilHydro tem planos de expandir participação na exploração do produto no Brasil, para complementar a produção de outras regiões. O principal executivo da StatoilHydro, Helge Lund, disse ontem que a empresa, sediada em Stavanger, Noruega, vai manter investimentos planejados para 2009 e vai revisar gastos dos próximos anos.

A empresa, a maior de petróleo e gás da Noruega, tem planos de iniciar a produção no campo de Peregrino, no Brasil, em 2010 e alcançar a produção em 2011, disse em outubro Jorge Camargo, presidente da unidade brasileira da StatoilHydro.


Por Gazeta Mercantil

Voltar