Veículos a GNV só poderão renovar o licenciamento com Certificado de Segurança Veicular

Os veículos convertidos a Gás Natural Veicular (GNV) que circulam pelo Estado terão que apresentar a inspeção veicular em dia para renovar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). A determinação está prevista na Instrução de Serviço Nº 0027, de 14 de abril de 2004, do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES), e na Resolução nº280/2008, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

As resoluções estabelecem a obrigatoriedade da inspeção anual nos veículos com Gás Natural e a emissão do documento obrigatório CRLV somente com a renovação do Certificado de Segurança Veicular (CSV). Para que a deliberação seja cumprida o Batalhão de Polícia de Trânsito Rodoviário e Urbano (BPRv) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizarão blitz, até o fim do ano, para identificar os veículos que estão com a inspeção veicular atrasada, multando os condutores e apreendendo os veículos, mesmo que estes estejam com o IPVA e o licenciamento pagos.

A inspeção somente pode ser feita por um Organismo de Inspeção Acreditado pelo Inmetro, sendo preciso levar o documento do veículo, a carteira de habilitação do condutor, além do certificado de inspeção do Inmetro relativo ao ano anterior. A inspeção veicular é realizada por meio de equipamentos computadorizados de última geração, no qual são verificados aproximadamente 200 itens do veículo. Durante o procedimento é feita a checagem dos itens de segurança do veículo e verificado se o motorista fez a instalação do kit GNV em uma oficina autorizada pelo Inmetro ou se o condutor instalou o kit em oficinas clandestinas, podendo causar acidentes.

Cerca de sete mil veículos movidos a GNV estão circulando de forma irregular no Espírito Santo, o que representa 19% da frota a GNV do Estado que, hoje, é de aproximadamente 37 mil automóveis. “Muitos desses veículos foram convertidos para GNV por profissionais não habilitados e em oficinas que não tem autorização de emitir o Atestado de Qualidade, um documento exigido pelo Detran. A única forma de coibir é com a fiscalização”, ressalta o diretor da Associação Nacional dos Organismos de Inspeção Veicular / Seccional Espírito Santo (Angis), Luiz Dantas Dalla Bernardina.

O conselheiro ainda destaca que nas blitz será verificado se a documentação dos veículos está regularizada. “Mesmo que o IPVA e o licenciamento do carro estejam em dia, os veículos estarão sujeitos a apreensão e o condutor será multado. Nessas blitz o BPRv e a PRF irão cobrar que todos circulem de forma regular pelas rodovias evitando, inclusive, acidentes”, alerta Dantas.

Os motoristas que forem encontrados em situação irregular levarão duas multas. Os que estiverem com o selo vencido estão sujeitos à multa de natureza grave no valor de R$ 127,69, além de ter o carro apreendido e perder cinco pontos na carteira. Já os que não renovarem o CRLV serão multados em R$ 191,54, perdem sete pontos na carteira (infração gravíssima), além de ter o veículo apreendido.


Onde renovar o Certificado de Segurança Veicular (CSV)

Civa (Centro de Inspeção Veicular): Rod. BR 262, km 15, s/n – Jardim América, Cariacica. 3226-4445.

IQT (Instituto de Qualidade e Tecnologia de Segurança Veicular): Rod. BR 101 Norte, km 12, Carapina, Serra. 3338-6320.

Instec (Instituto de Tecnologia Capixaba) de Cachoeiro de Itapemirim: Rodovia Mauro Miranda Madureira, 500, Coramara. (28) 3517-8779.

Instec (Instituto de Tecnologia Capixaba) de São Mateus: Rua Inácio Fundão, 729, Bairro Posto Esso. (28) 3763-6661.

Voltar