Galp Energia e BEI assinam contrato de cogeração

A Galp Energia e o Banco Europeu de Investimento (BEI) assinaram em início de novembro/08, em Lisboa, um contrato de financiamento no valor de 50 milhões de euros destinados à construção da nova central de cogeração da Refinaria do Porto. A unidade, com capacidade para 82 MW, deve entrar em operação ainda em 2009.

A nova infra-estrutura permitirá reduzir de forma significativa as emissões de CO2 para a atmosfera, contribuindo para o esforço nacional da redução de emissões, bem como para a melhoria da eficiência energética da unidade industrial.

A petroleira portuguesa estima que a nova planta de cogeração evite a emissão de 460 mil t/ano de CO2. Também são esperados ganhos de eficiência produtiva com a nova unidade.

“A nova central de cogeração a gás natural, cuja construção deverá iniciar-se ainda este ano, terá uma capacidade de produção de energia elétrica de 82 MW, permitindo satisfazer a totalidade das necessidades de vapor da Refinaria do Porto”, informa a petroleira em comunicado.

Voltar