Petrobras entrega gás para geração de energia elétrica

As usinas que receberam o gás natural foram a Termoceará, unidade da Petrobras, e a Termofortaleza, de propriedade da Endesa.

A primeira unidade tem capacidade para produzir 220 MW, consumindo 1,4 milhão de m³/dia; e a segunda, 346 MW, com 1,55 milhão de m³/dia. Durante esses nove dias, as termelétricas geraram 105 MW (Termoceará) e 162 MW médios (Termofortaleza), tendo registrado picos de geração de 220 MW e 339 MW, respectivamente, decorrentes das maiores vazões de gás regaseificado.

Após o processo de transformação do gás para o estado gasoso, o gás natural foi transferido, durante nove dias sem interrupção, do navio - por meio de braço de transferência de gás natural comprimido instalado no terminal - para um gasoduto de 22,5 km de extensão, construído para interligar o terminal de gás ao gasoduto Guamaré - Pecém.

A regaseificação foi a principal etapa dos testes pelos quais o terminal de gás de Pecém foi submetido ao longo da sua construção e comissionamento. O terminal tem capacidade para regaseificar 7 milhões de metros cúbicos/dia. Todas as atividades foram realizadas seguindo rigorosos padrões internacionais de segurança operacional.

Voltar