Brasil tem quatro milhões de catalisadores falsificados


Agência Auto Informe

Um levantamento realizado em parceria com a Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) identificou que cerca de quatro milhões dos automóveis do Brasil circulam com catalisadores falsificados, adulterados ou com sua eficiência comprometida. Para a adulteração, a cerâmica interna do catalisador é retirada e substituída por um pedaço de tubo de escapamento perfurado, que é soldado ao corpo da cápsula metálica do catalisador. Isso proporciona aparência semelhante à da peça verdadeira.

Um catalisador falsificado, além de poluir o meio ambiente, pode comprometer o desempenho do motor, provocando a desregulagem do sistema de injeção, a alteração da contrapressão do sistema de escapamento e o aumento de até 20% no consumo de combustível.

A informação foi dada pela Umicore, fabricante de catalisadores automobilísticos. (Agência Auto Informe)

Voltar