Ônibus a hidrogênio fabricado em Caxias tem estreia marcada em São Paulo



fonte: Pioneiro

Produzido em Caxias do Sul, o primeiro ônibus brasileiro movido a hidrogênio estreia nas ruas no dia 1º de julho. Nessa data, será oficialmente lançado o projeto do Ministério de Minas e Energia e da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU/SP), em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Global Environment Facility (GEF) e Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). O modelo tem a participação das fabricantes caxienses TuttoTrasporti, de chassis, e Marcopolo, de carrocerias, entre outras empresas.

O veículo, que tem emissão zero de poluentes e libera apenas vapor de água na atmosfera, fará a linha entre os bairros do Jabaquara, na zona Sul de São Paulo, e São Mateus, na zona Leste, passando pelos municípios de São Bernardo do Campo, Diadema, Santo André e Mauá, dentro da Região Metropolitana de São Paulo.

Testado em Caxias e São Paulo, o ônibus tem 12 metros de comprimento, capacidade para até 63 passageiros e autonomia de 300 quilômetros. É equipado com ar-condicionado e piso baixo. O abastecimento será feito com apoio da BR Distribuidora em uma estação montada em São Bernardo do Campo.

De acordo com a EMTU, o projeto é avaliado em US$ 16 milhões. O diretor da TuttoTrasporti, Agenor Boff, conta que deverão ser fabricados, na próxima etapa, mais três ônibus com a tecnologia, com maior capacidade de transporte de passageiros. (Pioneiro/Andreza Cunha)

Voltar