Cronotacógrafos de ônibus escolares devem ser verificados antes da inspeção periódica

A partir do dia 31 de outubro, os ônibus escolares terão que apresentar o certificado de verificação do cronotacógrafo ao realizarem as inspeções periódicas nos Institutos de Pesos e Medidas (Ipem) de cada estado e nos organismos acreditados pelo Inmetro.

Para realizar a verificação, o proprietário do veículo deve procurar uma oficina da rede cadastrada pelo Inmetro e providenciar a selagem do instrumento. A relação pode ser encontrada no Ipem de seu estado ou no site: http://www.inmetro.rs.gov.br/cronotacografo. Depois de selado, o cronotacógrafo deverá ser submetido a ensaio num dos postos também indicados pelos Ipem.

Este é o segundo prazo para verificação de cronotacógrafos que vence. O primeiro, válido para veículos de transporte de carga perigosa, se encerrou no último dia 31 de agosto em âmbito nacional.

Para proporcionar maior conforto aos proprietários dos veículos e evitar congestionamentos nas agendas de atendimento, o Inmetro orienta que as verificações sejam escalonadas e somente os veículos que já estão com a inspeção periódica próxima do vencimento procurem as oficinas de selagem e os postos de ensaio nos próximos meses.

O Inmetro já tem 24 postos instalados em todo o país e 245 oficinas cadastradas para emissão provisória dos certificados. Até o fim do ano, a previsão é de que mais 71 postos sejam instalados. A duração dos ensaios é de aproximadamente 30 minutos.

Mais segurança nas estradas

A verificação metrológica do cronotacógrafo é obrigatória por lei e o certificado, fornecido pelo Inmetro, terá validade de dois anos. O objetivo é comprovar o funcionamento correto do instrumento, que registra a velocidade, o tempo e a distância percorrida. Veículos de carga com peso bruto acima de 4.536 quilos e de passageiros com mais de 10 lugares são obrigados pelo Código de Trânsito Brasileiro a ter cronotacógrafo.

Para atender à exigência de verificação em todos os tipos de veículos, o Inmetro criou um cronograma. O prazo para veículos de veículos de passageiros vai até 31 de dezembro; e para veículos de carga em geral, até 31 de dezembro do ano que vem.

“A verificação pode ajudar a reduzir o grande número de acidentes e oferecer maior segurança nas estradas, já que os registros dos cronotacógrafos permitem que seja analisada a forma de condução dos veículos pelo motorista.

Por isso, são conhecidos como caixa preta dos caminhões e aceitos como provas em casos de acidentes”, explica Jorge Seewald, coordenador da implantação do projeto pelo Inmetro.

Calendário de vencimento de prazos:

Tipo de veículo e quando vence

Transporte de produtos perigosos
31/08/2009

Veículos escolares
31/10/2009

Coletivo de passageiros em geral
31/12/2009

Veículo de cargas em geral
31/12/2010

Fonte:
http://www.inmetro.gov.br/noticias/verNoticia.asp?seq_noticia=2902

Voltar