Transportadoras discutem como identificar motoristas que são dependentes químicos

Empresas do setor de transporte de cargas se reúnem para discutir como identificar, ajudar a tratar e lidar legalmente com motoristas que sofrem dependência química. Com o tema “O Desafio das Empresas: Álcool, Drogas e Trabalho”, um seminário será realizado no dia 11 de novembro, no Sest/Senat Cariacica, em Alto Lage.

Os participantes vão discutir desde a identificação do problema em suas equipes de trabalho à melhor forma de lidar com a questão, inclusive sabendo para onde encaminha-los e quais medidas cabíveis juridicamente.

Entre os palestrantes convidados está o juiz titular do Tribunal Regional do Trabalho do ES e presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (AMATRA), Luis Cláudio dos Santos Branco, que falará sobre “Procedimentos trabalhistas legais em relação ao dependente químico”. O objetivo será esclarecer o amparo da lei mediante um funcionário usuário de drogas.

Já a psiquiatra e conselheira do Conselho Regional de Medicina (CRM-ES) Sueli Ferreira Rabelo, falará sobre “Alcoolismo, Drogas e Medicina do Trabalho – Diagnóstico e Prognóstico”. Ela debaterá o vício na perspectiva da identificação e encaminhamento para tratamento.

Os participantes também receberão informações sobre os tratamentos disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS), para onde podem encaminhar seus funcionários.

O evento é parte da mobilização “Sest/Senat pela vida nas estradas”, com várias ações no segundo semestre de 2009. Ele também será realizado em outras localidades. Ao todo, serão 14. Os interessados podem buscar mais informações no site www.sestsenat.org.br.






Serviço:
Data: 11 de novembro
Onde: Sest/Senat Cariacica
Endereço: Rodovia Governador José Sette, s/nº, Km 0,05, Trevo de Alto Lage, Cariacica. Telefone: 2123.3450

Programação
8h - Credenciamento
9h - Palestra: O papel do RH na prevenção e tratamento da dependência química no ambiente de trabalho.
10h20 - Palestra: Procedimentos trabalhistas legais em relação ao dependente químico
11h20 – Debate
13h30 - Momento Cultural
14h - Palestra: Alcoolismo, Drogas e Medicina do Trabalho – Diagnóstico e Prognóstico.
15h - Palestra: Dependência Química e a Rede Pública de Tratamento
16h20 - Palestra: Alternativas de Tratamento
17h – Debate
17h30 - Momento Cultural

Fonte: Sest / Senat – 2123-3450 e 3482 – Edilene Perovano

Voltar