Gas Natural SPS investirá R$ 12 milhões para atender mais 4,2 mil usuários no interior de SP

A Gas Natural São Paulo Sul, distribuidora de gás natural canalizado para a região Sul do Estado de São Paulo, investirá R$ 12 milhões em construção de infra-estrutura de distribuição na região para atender mais 4,2 mil usuários em 2010.

Em 2010, a Gas Natural São Paulo Sul completa 10 anos como responsável por disseminar o uso do gás natural canalizado em uma área green field como a região Sul de São Paulo, atendendo 15 municípios e levando os benefícios do gás natural para 31.819 mil clientes até o final de 2009. Os mais de R$ 300 milhões já investidos pela empresa no período, como parte de seu plano de negócios expansionista, fizeram dela a 3ª maior distribuidora de gás canalizado do país em número de clientes e em infra-estrutura de distribuição, com 1.288 km de redes.

Para 2010, a expectativa é de um incremento de 7,3% do número de usuários em toda a região na comparação com 2009, chegando a 34.137. As vendas deverão aumentar em 7,4%, passando de 460,1 para 494,3 milhões de m³ no ano. Por sua vez, a infra-estrutura de distribuição deverá chegar a 1.323 km no final de 2010.


Os investimentos a serem realizados em 2010 também permitirão o início do abastecimento de gás natural para o mercado residencial em dois novos municípios: Laranjal Paulista e Alumínio. A previsão é atender 782 lares nessas duas cidades, onde a empresa já distribui o energético para comércios, indústrias e um posto de GNV (gás natural veicular). Além disso, permitirá atender novos usuários na rede existente nos demais municípios já atendidos, fornecendo gás natural para todos os segmentos de mercado.

Apesar da crise econômica que perdurou durante todo o primeiro semestre de 2009, os esforços comerciais realizados em conjunto com o leilão do saldo de gás da Petrobras auxiliaram a alavancar as vendas para os grandes consumidores, a partir do segundo semestre de 2009, fazendo com que a empresa fechasse o ano recuperando parte da queda gerada pela própria crise.


A receita líquida de R$ 401,1 milhões em 2009 foi 8,8% maior que em 2008 e o Ebitda de R$ 124,8 milhões 5,4% superior. A meta para 2010 é atender outros 103 comércios em cidades da região atualmente atendidas e mais a cidade de Alumínio, fechando o ano com 888 usuários comerciais, em um crescimento de 3,6% no ano. Cada vez mais, os comércios dos vários setores na região encontram no gás natural uma solução energética completa para seus estabelecimentos.


O segmento industrial que, no final de 2009, deu mostras de recuperação no consumo de gás natural, com a participação no leilão do saldo de gás da Petrobras, deverá continuar apostando nessa fonte de energia ecologicamente correta. A expectativa é de incremento do consumo anual de 7,4% para o segmento na região, chegando a 463,6 milhões de m³/ano, e de abastecimento de 10 novas indústrias usuárias no ano, finalizando 2010 com 204 indústrias usuárias.



Com as campanhas de comunicação promovidas pela empresa para o incentivo do uso do GNV nos automóveis desde a metade de 2009, os motoristas voltaram a apostar nesse combustível, que rende mais, é mais econômico e ecologicamente correto.


“A Gas Natural São Paulo Sul está completamente refeita da crise que abalou a economia internacional indistintamente e pronta para, com 10 anos de gestão e suportada pela larga experiência mundial do Grupo Gas Natural – União Fenosa, iniciar novo ciclo de crescimento e desenvolvimento para o Estado de São Paulo” destacou o Diretor-Geral, Armando Laudorio.


Fonte: Site GasNet

Voltar