Brasil pode se tornar 4º maior mercado automotivo em 2010

Folha de S. Paulo

O Brasil pode ultrapassar a Alemanha e se tornar o quarto maior mercado automotivo do mundo depois que os bancos cortaram as taxas de juros e flexibilizaram os termos dos empréstimos, colocando os bens ao alcance de mais consumidores.

De acordo com reportagem da agência de notícias Bloomberg, o maior acesso ao crédito no país aumentou os compradores potenciais em mais de 50%, afirmou Guido Vildozo, analista da IHS Global Insight. A IHS e a J.D. Power & Associates preveem que o Brasil ultrapasse a Alemanha em 2010.

"O Brasil é um mercado emergente, jovem, e a Alemanha é um mercado mais maduro", afirmou Jeff Schuster, diretor-executivo de previsões da J.D. Power.

As vendas de veículos no Brasil somaram 3,1 milhões em 2009, em comparação com 4 milhões na Alemanha, de acordo com a J.D. Power. Neste ano, os números no país devem subir para 3,4 milhões, enquanto na nação europeia devem cair para 3 milhões. A população do Brasil é de cerca de 206 milhões, contra 82 milhões da Alemanha.

A queda nas projeções de vendas na Alemanha segue o fim de um incentivo de US$ 3.398 para compradores de carros novos, na troca de modelos antigos. O governo aprovou os pagamentos em janeiro de 2009 para ajudar o setor a se recuperar da forte queda iniciada em agosto de 2008. (Folha de S. Paulo)

Voltar