Tecnologia e consumo menor de diesel elevam qualidade do ar

Mais tecnologia e queda no uso de combustível. Esses dois fatores têm feito com que a qualidade do ar melhore nas cidades, mesmo que o número de veículos circulando só cresça. A informação é da coordenação do Programa Ambiental do Transporte – Despoluir/ES – da Federação das Empresas de Transporte do Estado (Fetransportes).

Segundo o coordenador do programa, João Carlos Fernandes, de 2008 até julho deste ano, pelos dados do Detran, a frota de veículos no Estado aumentou mais de 200 mil veículos, mas a emissão de gases na atmosfera segue em queda.

Além da redução da emissão de gases poluentes, o consumo de combustível também diminuiu em aproximadamente 13,5 milhões de litros de diesel. Pelos cálculos dos técnicos do programa, com essa redução, deixaram de ser emitidas na atmosfera, entre julho de 2009 e junho de 2010, 36 mil toneladas de gás carbônico e 810 toneladas de material particulado.

Os dados são referentes às medições realizadas pelos técnicos do programa, que existe desde 2003, em veículos e equipamentos movidos a diesel, de empresas do setor de transportes e logística no Estado.

Prêmio
Ontem, por terem se empenhado para melhorar a qualidade do ar no último ano, 70 empresas do setor de transporte receberam o prêmio QualiAr, oferecido pela Fetransportes. A solenidade de entrega do prêmio aconteceu no Sest/Senat de Cariacica.

Para ser premiada, cada empresa tinha que ter pelo menos 90% de sua frota ou equipamentos aprovados em quatro testes realizados trimestralmente, entre os meses de julho do ano anterior e junho deste ano.

“Há mais de dez anos investimos em ações para minimizar os impactos ambientais causados, principalmente, pelo uso de combustíveis fósseis. E, para nossa alegria, o Despoluir é dos programas mais eficientes do Brasil, tanto pela quantidade de aferições realizadas, quanto pelos resultados alcançados”, ressaltou o presidente da Fetransportes, Luiz Wagner Chieppe.

Fonte: Jornal A Gazeta - 20/08/2010

Voltar