COOPERCARGA COMEÇA TESTE COM CAMINHÃO MOVIDO A GNV

IQT Informa:

Coopercarga começa teste com caminhão movido a GNV

Depois da Iveco, que há algum tempo vem apostando desenvolvendo e testando caminhões movidos a gás natural veicular (GNV), com alguns modelos do Daily e Tector em operação com alguns parceiros, agora é a vez da MAN Latin America apostar no combustível alternativo, em parceira com a Ambev. Para a operação, a fabricante de bebidas escolheu a Coopercarga para testar na vida real o primeiro caminhão 100% movido GNV, um Volkswagen Constellation 24.280 6x2.

O caminhão movido a GNV pode emitir até 20% menos CO2 em comparação com o mesmo modelo de caminhão a diesel. O Volkswagen a gás natural entrará em circulação a partir de maio, abastecendo a região central da cidade do Rio de Janeiro com os produtos da Ambev por um período de seis meses de teste.

“A Coopercarga tem em sua identidade a preocupação com a sustentabilidade e busca realizar ações que minimizem os impactos de suas atividades no ambiente. Essa parceria com Ambev e MAN vem para fortalecer ainda mais esta ideologia. Selecionaremos as melhores equipes para testar e gerenciar esse veículo, verificando na prática seu desempenho”, informa Osni Roman, presidente da Coopercarga. Segundo o executivo, se o desempenho do veículo atender as expectativas projetadas pelos parceiros, dentro de um ano a tecnologia deverá ser levada para outros locais do país.
O combustível utilizado no novo caminhão de distribuição de bebidas tem autonomia de cerca de 200 km e o sistema de armazenagem de gás natural não altera sua capacidade de carga útil - sendo a mesma da versão a diesel, de até 10 pallets de 1 250 quilos, o equivalente a cerca de 9 400 garrafas. Além disso, traz mais conforto ao motorista, pois com a nova configuração houve uma significativa redução nos níveis de emissão sonora.

A tecnologia foi desenvolvida sobre um Constellation 24.280 6x2 que, quando comparado a sua versão movida a diesel, apresenta uma estimativa de ganho na operação (R$/km) de aproximadamente 10%. Os cilindros são produzidos em fibra de carbono com liner plástico e, juntos, ocupam uma área de 150m³ atrás da cabine. A operação conta também com a parceria da Gás Natural Fenosa, responsável pelo fornecimento do combustível.

A Coopercarga realiza a operação logística para a Ambev há mais de 12 anos, prestando os serviços de transferência, movimentação interna de armazéns e distribuição urbana. São mais de 1 200 pessoas envolvidas diariamente nas operações das praças do grande Centro do Rio e São Cristóvão, Grande São Paulo (Diadema e Mooca), Londrina (PR), e no nordeste e sul do país. Atualmente, a frota da Coopercarga é composta por 1,9 mil veículos, com idade média de aproximadamente quatro anos.

por Marcos Villela (Site: transportemundial.terra.com.br)

Voltar