Interações entre os representantes dos produtores de Rochas e o governo brasileiro do Espirito santo

Este artigo é um estudo de caso e foi publicado em uma revista acadêmica americana.

Apesar de um conjunto significativo de conhecimento sobre as estratégias que as empresas utilizam em suas interações com seus ambientes, muito menos se sabe sobre a dinâmica política dessas interações em situações de co-evolução entre empresas e ambientes. Neste estudo de caso, é analisado as interações entre os representantes dos produtores (RPS) de rocha e governamentais autoridades ornamentais (GA), no estado brasileiro do Espírito Santo (ES).
Essas interações envolveu a regulamentação do transporte de carga pesada e resultou em uma redução significativa em acidentes rodoviários. Nesta análise, vamos replicar um caso recentemente publicado (Child, Tse & Rodrigues, 2013).

http://www.nova.edu/ssss/QR/QR20/3/avrichir3.pdf

Voltar