Gás Natural Veicular fica mais barato em Minas Gerais

Reajuste aprovado pela Sede vale a partir desta semana, beneficiando aproximadamente 30 mil consumidores em Minas Gerais.

Desde ontem, segunda-feira (1º), motoristas e usuários do Gás Natural Veicular (GNV) fornecido pela Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) poderão pagar mais barato pelo combustível.

Publicado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) na última semana, o novo reajuste referente ao primeiro trimestre de 2016 determina queda de 1% do custo do gás fornecido pela Gasmig aos postos de combustíveis.

A expectativa é que a tendência de queda seja mantida para o próximo trimestre, beneficiando milhares de usuários em Minas Gerais. Com a redução do valor deverão ser consumidos, diariamente, cerca de 90 mil m³ de gás.

Trimestralmente, a Sede analisa, confere e aprova os dados apresentados pela Gasmig, referente aos custos de aquisição e gastos operacionais. “Esperamos que o reajuste possa não só beneficiar os motoristas que já utilizam o GNV, mas também incentivar a vinda de novos consumidores”, afirma o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Altamir Rôso.

O responsável pelo setor de Gás Natural da Gasmig, Welder Souza, reforça que atualmente a utilização do combustível é a alternativa mais atrativa. “Está na contramão dos demais combustíveis que neste mês apresentarão reajuste”, avalia.

Hoje, cerca de 30 mil consumidores utilizam o GNV em Minas Gerais. Em quase quatro anos, foram cerca de 4.450 novos motoristas fizeram a mudança para o gás natural via campanha da Gasmig. Hoje, caso o motorista queira fazer a conversão para o GNV, basta entrar em contato com o Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) para retirar a autorização, levar o veículo até uma das convertedoras homologadas pelo Inmetro e logo depois realizar uma inspeção veicular em um dos Organismos de Inspeção Acreditados também pelo Inemtro.

O investimento para aquisição do serviço é de cerca de R$3.500,00, que poderá ser recuperado nos primeiros 20.000 km rodados. Ou seja, para quem roda uma média de 4.000 km por mês, que é o caso dos taxistas, frotistas e representantes comerciais, o investimento é pago em apenas 5 meses.

Benefícios e vantagens

Segundo pesquisa divulgada no site da Gasmig, o gás natural como combustível apresenta melhor rendimento e é mais econômico em mais de 50% em relação à gasolina ou álcool. O GNV também se destaca quanto ao fator poluente tido como mínimo se comparado aos demais combustíveis.

Outra propriedade que favorece a utilização do GNV é que não pode ser adulterado, o que dá segurança ao motorista quanto a qualidade do combustível. Hoje, o proprietário de um carro com sistema de gás natural pode abastecer não só em Minas Gerais, mas em outros estados como Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará.

Fonte: Jornal Araxá - MG

Voltar